quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Beijos que a noite chegou

Agora é hora de esperar por você Não da maneira que vem em sua cabeça Mais de forma espirituosa como um beijos no escuro Sei que muitas palavras que te dizem  preferiria um olhar sútil Uma impertinência , sem que perceba estar sendo desejada De muitas coisas que sei , é que nada sabemos ate tentarmos o impossível Pois palavras bem ditas , são palavras lembradas e repetidas sempre no mesmo encontro São coisas raras como a noite de hoje , sem estrelas e sem lua Apenas uma brisa que corta meu rosto ao longo horizonte Mais de momento ate ao amanhecer eu te espero Não da maneira que vem a sua cabeça De uma forma pura virgem e inocente Beijos que a noite chegou

Nenhum comentário:

Postar um comentário